Clinvida

Center Móveis

Nosso Rio

Nosso Rio

Mr Y Net

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Vereadora Beatriz faz balanço da administração municipal de Várzea do Poço

‪#‎vergonhaalheia‬, mais de dois anos, prefeito de Várzea do Poco - Ba, tira trabalhadores, pais de família de Centro de Abastecimento, para uma reforma que não acaba. Essas pessoas sofrem, passam por dificuldades financeira. Quando enfrentamos uma crise, precisamos definir prioridades, e o governo do prefeito prioriza, renovar frota de carros, para seu bem estar e de seus cupinchas. E o povo??? Falta gestor.‪#‎varzeadopocoreal‬.
‪#‎varzeadopocoreal‬, tomando-se como exemplo hoje a saúde, que me perdoem a metáfora mas oportuna, encontra-se literalmente na U.T. I. Gestantes sendo levadas para outros municípios para terem crianças, isso chama_se má administração, pois o S.U.S paga por cada parto feito. Estamos deixando de capitar dinheiro e ainda nascendo menos VARZEANOS. Falta gestor.
A verdade, temos um mamógrafo no hospital de Várzea do Poco- Ba e não funciona, eu pergunto, é falta de recurso????? não!!! É incompetência mesmo, falta de compromisso, descaso mesmo com a população, com nosso povo, que tem sido humilhados nas filas de hospitais de cidades vizinhas, humilhados,
pedindo, como se pede esmolas. E diz que faz trabalho serio. FALTA GESTOR.
Real situação de Várzea do Poco-Ba, é muito fácil, Prefeito Paulo José ir as redes sócias e dizer que procura fazer um trabalho sério, como, eu pergunto? olha a situação. Com a saúde do município. Falta médico no hospital que já foi referência na região. SAMU, recebeu 2012 e a situação é essa, não tem capacidade de colocar para funcionar pq recursos tem e vem. Falta gestor.
Praça de eventos era pra Iniciar a construção em 11 de maio, até o momento nada nadinha foi feito. Essa é a real situação no município. Falta gestor...
Essa é a real situação hoje de Várzea do Poco- Ba sem , futebol... Já foi gasto quase 500.000 e veja a situação do Estadio Placido Paulo ,data de entrega setembro 2012. Falta gestor.



Texto e fotos: Beatriz Matos

Postar um comentário