domingo, 6 de maio de 2012

Jacobina perde ambulâncias do SAMU.


Durante seminário realizado neste sábado, dia 5 de maio, em Jacobina, representantes do Ministério e da Secretaria de Saúde alegaram que ambulâncias do SAMU 192 destinadas ao município não serão entregues porque a prefeita Valdice Castro (PP) não aceita implantar a Central de Regulação na cidade.
Presente no evento, o deputado federal Amauri Teixeira (PT) protestou e garantiu que pretende acionar o Ministério Público para impedir a devolução dos equipamentos. Como Jacobina foi escolhida como cidade-polo, o problema afeta as demais cidades da região, a exemplo de Varzea Nova, Capim Grosso, Várzea do Poço, Miguel Calmon, Piritiba, Nova Fátima, Uibai, Mundo Novo e Varzea da Roça e Mairi.
Unidade de V. do Poço continua parada 
O governador Jaques Wagner e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, entregaram mais 34 ambulâncias do Samu-192, no dia 18 de fevereiro de 2011. O município de Várzea do Poço foi contemplado com uma de suporte básico.  
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192) iria prestar socorro à população de Várzea do Poço e dos municípios de Serrolândia e Quixabeira em casos de emergências, mas por falta de competência administrativa até hoje a ambulância continua guardada sem prestar serviços à comunidade.


Postar um comentário